sábado, 24 de julho de 2010

gangues .

é meus queridos,cá estou eu denovo. sentiram a minha falta ? (perguntinha retórica,não quero entrar em depressão ).
eeeeeeenfim,o negócio é o seguinte.já faz um bom tempo que eu venho analisando o povo que habita o meu orkut,e percebo que o número de Gangues,Bondes & CIA. vêm crescendo a cada dia.mas eu não entendo a filosofia desse povo,sério mesmo.pois pelo que eu vejo (e leio),eles não fazem a mínima ideia do que realmente é uma gangue,mas mesmo assim eles continuam se autodenominando disso.sei lá,na mente desmiolada desses neandertais ter uma gangue é só sair colocando siglas nos nomes e bater uns nos outros (minutinho de silêncio pela morte da noção do ridículo).queria largar um desses "bondes" (jesus,como eu ODEIO essa palavra)no Bronx ou no Brooklin (não que eu concorde com as gangues de lá,mas essa pirralhada aí ia se mancar do que realmente são gangues,e iriam pensar duas vezes antes de inventarem de se juntar MESMO a esse tipo de coisa)só pra ver no que daria.cara,vocês não tem noção de como eu me irrito com esses pirralhos imbecis que querem pagar de "fodões" (outro termo que eu ODEEEEEIO).não,mas mais legal são os NOMES das tais gangues (já não bastam suas existências,ainda tem que ter subdivisões e nomenclaturas ¬¬) : "Bandidos não sei o que lá","Parceiros não sei mais o que". eu não sei o que é mais idiota,se são os nomes das gangues ou o modo como eles escrevem os tais nomes (sim,nas nomenclaturas originais o que não falta é W,K,Y e assim por diante.pra tentar americanizar,sacas?).fora o fato de que isso tudo pode acarretar problemas sérios,como crimes (crimes tipo assassinato,não pixação de muro ¬¬)e envolvimento com drogas.na moral,eu não sei como é que esse povo consegue se achar tanto.na minha visão,eles são simplesmente um bando de fedelhos desocupados,que ao invés de se dedicarem á algo mais útil e produtivo,eles juntam um bando de amiguinhos idiotas,escrevem como semi-analfabetos e saem batento e "intimidando" qualquer alma que invente de cruzar o caminho deles.eles jamais irão fazer algo de útil para a humanidade,serão apenas idiotas fúteis e burros que viverão às margens da sociedade,alimentando suas ridículas esperanças de se tornarem "alguém" na vida (tá,dei uma forçada,admito).
então meu querido,se você não quer ser visto pelas pessoas como um simples retardado,NÃO ENTRE PARA ESSA BRINCADEIRINHA ESTÚPIDA.caso contrário,você será só mais um idiota acéfalo (essa palavra eu amo :D) na sociedade,um ser digno de pena.

terça-feira, 20 de julho de 2010

férias .


já que em toda e qualquer oportunidade que surge eu fujo daquele antro de futilidade e dióxido de carbono denominado Caxias do Sul,eu viajei e agora me encontro a mais ou menos 350 km de lá.por isso eu aviso que até agosto eu não pretendo postar nada (óbvio que pode acontecer de eu postar alguma coisa aqui,até por que imprevistos na minha vida chegam a ser previsíveis ¬¬).
um beijo e leiam os últimos posts (aliás,se quiserem fazer uma divulgação do blog,eu juro quem não me incomodo :D)

dia do amigo .


é meus queridos,nos dias atuais o verdadeiro significado da amizade vem sido cada vez mais esquecido (maldita Era Digital),então um recado para todos aqueles que possuem um AMIGO DE VERDADE :
cuide de quem corre do seu lado e de quem te quer bem,essa é a coisa mais pura ♫ (Charlie Brown Jr.)
feliz dia do amigo !

quarta-feira, 14 de julho de 2010

levanta a plaquinha do "TRAUMA"

cara,é sério,eu ando muito irritada com essas gurias,MUITO.de que gurias eu me refiro?ah,sabe,daquele tipinho bem comunzinho,que tem cabeça de vento e que transformam o próprio corpo em um simples e mero objeto...aquele tipinho sabe,como é mesmo o nome?ah!lembrei.VADIAS.isso mesmo,vadias.essas abomináveis criaturas parecem ser muito inteligentes a primeira vista,mas é só olhar mais de perto que você nota que elas não passam de acéfalas idiotas e inocentes,que recentemente descobriram que tem peito o sufuciente pra usar sutiã tamanho grande (OH!).é foda velho,aturar essas imbecis se achando um máximo quando na verdade todo mundo acha que elas não passam de uma maçaneta de porta ( qualquer um põe a mão).elas ATOLAM o orkut de fotos do tipo "aah,sô gatxênha" e recebem os comentários mais pornográficos e desrespeitosos possíveis,e não dão a mínima.se expõe de maneira mais vulgar e nojenta possível,pegam qualquer um e de quebra muitas outras querem ser como elas.como meu Deus,COMO?!mas talvez essa não seja a pior parte.o pior é quando gurias como eu (com cérebro) são chamadas de invejosas (argumento de quem não tem agurmento ¬¬).aaah sim,eu morro de inveja de uma guria que deve ter se esfregado com mais de 30 caras na última festa,tem o QI de uma bergamota,e que nunca deve ter terminado de ler um livro (AHAM CLAUDIA,SENTA LÁ,DENOVO).outra coisa que teimam em dizer é que elas pegam quem elas quiserem.bom,eu me sinto na OBRIGAÇÃO de rever esse conceito e reformular essa frase : quem quiser,pega elas.
mas pra ganhar esse incrível título,não basta ficar com vários caras.depende muito da atitude,das roupas,do comportamento,da capacidade intelectual,do modo de escrever,de andar,de falar...são muitos os fatores que influem nisso.mas não é nada complicado encontrar um tipinho desses.vai lá no teu orkut,tenho CERTEZA que tu vai encontrar alguém assim (a não ser que você seja um monge tibetano,mas daí já é outra história).
eu só não entendo como que elas não enxergam o que fazem.como elas podem se vulgarizar dessa maneira e ainda sim achar isso um máximo,tipo "AI,QUALQUER CARA METE A MÃO NA MINHA BUNDA E ISSO É LINDO" (¬¬).por que que elas não se dão ao respeito?POR QUE?!

como diria Bia Falcão : IDIOTAS,BANDO DE IDIOTAS !

terça-feira, 13 de julho de 2010

o dia que não terminou.

atualmente,a violência no trânsito tem se tornado uma realidade cada vez mais presente em nossas vidas.campanhas e mais campanhas surgem na TV,nas rádios,na internet... enfim,em tudo que é canto.mas,infelizmente,sempre tem aquele miserável que tem a infeliz ideia de tomar todas e pegar o volante.então,já que eu ADOOORO fazer as pessoas pensarem atravéz dos meios mais dramáticos e fortes possíveis,assista o vídeo a seguir (da banda Detonautas,acho que ele foi gravado em 2004) e depois reconsidere a ideia antes de beber todas e sair dirigindo por aí :


e aí,ainda vai beber antes de sair de carro?

segunda-feira, 12 de julho de 2010

claro,e eu sou a reencarnação da Dercy Gonçalves !

seguinte,esses dias eu andava mexericando o blog do meu amado amigo lucas (cujo o qual eu já quis matar várias vezes,mas enfim,isso não vem ao caso) e ele fez um post sobre o SUPERHIPERMEGAULTRAPOWER boato que tá rolando na internet que a Lady Gaga é uma Iluminatti (se tu não sabe o que são os Iluminatti,vai lá ler Anjos e Demônios,ou pede pro Tio Google que ele te explica).segundo fontes (des)confiáveis,a tal Gaga estaria fazendo uma espécie de "lavagem cerebral" em seus fãs para que eles a idolatrassem,e para que odiassem com todas as forças a Igreja Católica.

o que eu acho disso?olha,eu acho que isso é só mais uma tática da Gaga pra chamar atenção (como se vestir de palhaço do Cirque du Solei no MTV Music Awards do ano passado).ela quer é causar polêmica,mas daí esse povo que já tem uma certa adoração por essa imbicilidade de "mensagem subliminar" já fica emocionado e começa a colocar mais e mais coisas no tal boato.pra vocês terem uma ideia,a Maçonaria,o ocultismo,o Capeta(demônio,Satã,Belzebu,a nomenclatura que vocês acharem mais adequada) e a Hello Kitty já foram incluidos nessa maluquice (o legal é que eu não tenho a menor ideia do que a Maçonaria tem a ver com o demônio,mas tá né,ignorante nesse mundo é o que não falta).
enfim,a tal Gaga pode ser uma cantora boazinha e ter músicas legais (ouça Telephone três vezes e depois tente tirar a voz dela e da Beyoncé cantando "E E E E E E E,STOP TELEPHONING ME" da sua mente),mas na boa,ela não vai conseguir criar uma legião de fãs alucinados que irão quebrar as paredes do Vaticano e acabar com a Igreja Católica (parece que eu forcei a barra mas tem maluco que é capaz de acreditar nisso).

e só pra completar,existe um outro boato ainda mais absurdo que esse : que a Lady Gaga é a nova Rainha do Pop .
LADY GAGA SUPEROU A MADONNA? AHAM CLÁUDIA,SENTA LÁ !

sábado, 3 de julho de 2010

Wonderwall - Oasis

esses dias minha professora de inglês levou uma música da banda britânica Oasis, "Wonderwall".
é uma música bem antiga,porém muito boa.muito mesmo.
enfim,me apaixonei de uma tal maneira pela tal música que resolvi postar ela :

Wonderwall


Today is gonna be the day
That they're gonna throw it back to you
By now you should've somehow
Realized what you gotta do
I don't believe that anybody
Feels the way I do about you now


Backbeat, the word was on the street
That the fire in your heart is out
I'm sure you've heard it all before
But you never really had a doubt
I don't believe that anybody
Feels the way I do about you now

And all the roads we have to walk are winding
And all the lights that lead us there are blinding
There are many things that I would like to say to you
But I don't know how


Because maybe
You're gonna be the one that saves me
And after all
You're my wonderwall


Today was gonna be the day
But they'll never throw it back to you
By now you should've somehow
Realized what you're not to do
I don't believe that anybody
Feels the way I do about you now

And all the roads that lead you there were winding
And all the lights that light the way are blinding
There are many things that I would like to say to you
But I don't know how

I said maybe
You're gonna be the one that saves me
And after all
You're my wonderwall

I said maybe
You're gonna be the one that saves me ...

meu momento feminista !

nos últimos dias eu assisti um episódio de Cold Case que me fez ficar muuuuuito p*ta em relação ao mundo do início de século XX.para arrematar ainda mais essa raiva,hoje de manhã assisti o filme "O Sorriso de Monalisa",estrelado por Julia Roberts.ambos se tratavam do mesmo assunto : feminismo X sociedade do século XX .
enfim,se você acha que está prestes a ler um post atacando o sexo masculino,saiba que você está redondamente enganado.eu vou é atacar o sexo feminino mesmo.sim,isso mesmo,o sexo feminino.
eu cheguei a conclusão que a sociedade daquela época transformava as mulheres em simples donas de casa.mas não é isso que me revolta,e sim o conformismo das mulheres em relação à isso tudo.
elas simplesmente aceitavam tudo. a vida de uma mulher era da seguinte maneira : nascia,crescia brincando de boneca e sendo "treinada" pela própria mãe para ser uma dona de casa "perfeita".(aliás,"perfeição" era lei naquela época.quer dizer... status de perfeição.)ela ia pra escola,estudava,tirava boas notas,ia para a faculdade e depois se casava.ponto,sem mais.era simplesmente isso.tudo era só até o casamento,depois não se fazia mais nada.não que eu menospreze o sagrado matrimônio ou algo do tipo (até porque eu ainda tenho esperanças de entrar na igreja de véu e grinalda e tudo como manda o figurino),mas é que a vida delas se baseava única e exclusivamente nisso.elas não trabalhavam,não se importavam em passar o resto da vida cuidando do marido e dos filhos,não tinham sonhos de realização profissional ou algo de tipo.elas deveriam fazer de tudo para manter um casamento "feliz e harmonioso".era para isso que elas serviam,quer dizer,para isso que elas ACHAVAM que serviam.naquela época,era inadmissível uma mulher achar alguma coisa (exeto atrizes como Monroe e Hepburn,pois elas eram elas).deveriam seguir religiosamente tudo que lhes era imposto sem ao menos tentar ver o outro lado das coisas.havia certo e errado para tudo,até mesmo para pensar.não existia tolerância nem mesmo escolha.eram raras as mulheres que acreditavam no próprio potencial e iam atrás de uma vida que não envolvesse SÓ o casamento.
eu me indigno com isso.pois você olha nos dias de hoje e vê que se não fosse pelas feministas,ainda seríamos criadas com os únicos propósitos de lavar roupa e gerar bebês.
porém como tudo pode ser olhado por vários ângulos,feminismo radical também não é o caminho.o que tem que haver é o bom senso,é o respeito e principalmente a valorização,tanto do homem quanto da mulher.
minha humilde opinião :)

sexta-feira, 2 de julho de 2010

beautiful .

duvidoso,muito duvidoso.

esses dias me peguei escrevendo uma descrição de moi,e eu sinceramente não sei o motivo.eu simplesmente estava ouvindo uma música de Panic At The Disco,fuçando o orkut alheio e quando eu me dei por conta eu estava no Word digitando loucamente.aliás,eu já havia digitado dois textos antes mesmo de me dar por conta do que havia acontecido.pois bem,eu resolvi "costurar" esses três textos e transformá-los em um único.bom,aí vai o resultado :

eu não acredito em conhecidências,nem em religiões.não acredito em políticos,padres,pastores.às vezes,não acredito nem em mim.não gosto de sol no inverno,e nem de noites com neblina. eu quero escuro o tempo todo.quero ficar sozinha quase sempre. eu gosto mais de livro e chocolate quente do que de festa e bebida. eu não gosto muito de gente.prefiro ir ao cinema sozinha.será que é só pra mim que a noite tem um som e um cheiro? eu não sei a resposta,aliás,acho que ninguém sabe.
só tenho duas habilidades na vida:escrever e ser sarcástica . eu prefiro preto ao branco.o arriscado ao seguro.o louco ao normal.
eu mudo os gostos,as vontades,mas não mudo a essência. eu gosto de tudo aquilo que eu não deveria gostar. se apaixonar por mim pode ser a maior burrada do mundo,pois eu não juro amor eterno a ninguém.acho que não fui feita para esse tipo de coisa. eu quero perigo,eu quero solidão. eu quero tudo e nada,mas não quero uma vida vazia e triste.não sou muito familiarizada com o real sentido de felicidade.não,eu não sou infeliz,mas eu tenho sérias dificuldades em me manter feliz por um longo período.
já quebrei a cara milhares de vezes.já lidei com coisas que eu jamais entenderei.já passei por coisas que eu não desejo a ninguém.
não acredito em inimigos ou rivais.acho muito idiota perder meu tempo odiando alguém,enquanto eu poderia estar amando.amando um amigo.aliás,amigo nesses dias é artigo de luxo. eu te amo virou oi,e tudo aquilo que já teve um sentido profundo foi banalizado.
tenho milhões de defeitos,e eu adoro isso.nunca quis ser perfeita,aliás,perfeição não é a minha praia,não mesmo.pessoas perfeitas se tornam monótonas e chatas.mas na real,não existe ninguém perfeito,existe status de perfeição.é tudo uma máscara para esconder aquilo que os outros não devem (ou não querem) enxergar.
tenho nojo,pavor,ódio e repulsa por pessoas fúteis e vazias.acho ridículo ficar pagando de pegador(a) pra tentar chamar atenção.aliás,pegador ou pegadora não são termos corretos,é imbecil e vadia mesmo.
acho incrível como certas pessoas ainda tem a capacidade de dizer que tem preocupação comigo,sendo que elas próprias já conseguiram acabar comigo.
já magoei muita gente.já feri os sentimentos dos outros.já fui vingativa.já me excedi e já fiz o que eu definitivamente não deveria ter feito.
também acho que eu deveria considerar como um problema essa minha incessante mania de taxar as pessoas.mas é que eu não simplesmente olho e dou o perfil pronto dela,eu analiso minuciosamente cada detalhe que compõe o indivíduo em questão e traço um perfil dele. eu sei que eu não sou ninguém pra analisar os outros,até por que eu me considero um ser humano a ser estudado,mas o fato é : eu não consigo segurar.é mais forte do que eu. penso seriamente em parar com isso.mas daí eu teria um novo problema : não teria mais nada pra fazer da vida.sim,eu sou ridiculamente desocupada,então eu fico analisando todos ao meu redor.é como se eu estivesse assistindo uma novela gigante,bem na minha frente.e eu faço parte dela,mas eu estou tão ocupada assistindo que às vezes eu esqueço de atuar,quer dizer,viver.tanto que em vários momentos da minha vida eu me julguei alguém incógnita,porém depois eu fui descobrir que eu era a peça-chave de tudo aquilo que acontecia.isso sim é o meu maior problema,esquecer de viver a minha vida,e observar a dos outros.não tentar viver a dos outros,e sim observar.ando acreditando cada vez mais que eu realmente preciso me focar mais em mim mesma e deixar de lado os outros.não esquecê-los,e sim VIVER junto com eles,mas vivendo a minha vida.
não sei o dia de amanhã,não tenho idéia que rumo a minha vida vai tomar.mas eu pretendo sempre carregar a força que eu adquiri.que eu adquiri com os meu próprios erros.