quarta-feira, 22 de setembro de 2010

fãzinhos alucinados.

bom,cá estou eu para falar de mais uma coisa que me irrita profundamente : fãzinhos alucinados. num mundo com uma diversidade cultural tão grande,é inadmissível que as pessoas queiram nos OBRIGAR a gostar de certas coisas. na minha opinião,liberdade de escolha é tudo,tanto na hora de gostar,como na hora de detestar. cada um tem o direito de criticar o que bem entende,e de gostar do que bem entende.eu,particularmente,não tenho nada contra os fãs de certas coisas (exceto ALGUNS do BDS,por que né...),mas enfim,eu não desgosto de nada sem ao menos me forçar a tentar entender do que se trata o dito cujo.
porém,AH PORÉM (salve Marcelo D2), há um caso que me choca ( e que me faz rir ) : fãzinhos histéricos.esse tipo funciona da seguinte forma : defende com unhas e dentes seus ídolos,sem ao menos os mesmos os conhecer.querem obrigar todo mundo a gostar daquilo,postam vídeos no youtube,xingam muito no twitter quem não gosta da mesma coisa que eles,e chegam a procurar blogs que são contra seus tão preciosos ídolos para xingar nos comentários ( coisa que já aconteceu por aqui e eu me arrependo amargamente de ter deletado os comentários,pois era um divertimento pra mim ) . eles não se contentam em GOSTAR,eles querem que TODO MUNDO goste também,e quando alguém (tipo eu) se nega a gostar de alguma coisa só pela quantidade de sucesso do mesmo,eles se indignam e usam argumentos fenomenais como : tu não sabe de nada,tu é um idiota,vai te fuder,tenta fazer o mesmo sucesso que eles pra depois criticar, e blá blá blá whiskas sachê....   (nossa,eu me divirto muito com isso :D )

e com as minhas andanças MEGA úteis pelo youtube,eu catei essas pérolas de fãs alucinados. te liga só :
fã da Lady Gaga :


fã de Restart (bem loco HSHAUAHUASH')


menina colorida botando a boca no Felipe Neto :


e,com certeza,o meu favorito :


o mais legal,sem dúvida,são os argumentos deles. fora as gírias e os assassinatos à Língua Portuguesa. HAHA,pelo menos eu tenho do que dar risada né :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário