quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

don't stop,

                                                                                for anyone.
                                                                                           (Paparazzi - Lady Gaga)
Mania insuportável a desse povinho medíocre que insiste em querer me mudar,não ? Sinceramente,eu me estresso com extrema facilidade a partir do momento que alguém quer me dizer o que fazer,como agir,com pensar,como ser e ainda por cima me compara com os outros. Comparação pra mim é sentença de morte.É como se jamais seremos felizes se não formos como tais pessoas,com tais gestos e com tais atitudes.Essa busca incansável do ser humano pela perfeição me irrita profundamente.Ninguém é perfeito,ponto. Não existe meio termo. Liberte-se desse molde que querem te impor e seja você mesmo,não importa mais nada. O mundo venera o original e despreza cópias.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

mais uma da série :

Tentativa frustada de ser o 50 Cent

Alguém aí quer me perguntar mais uma vez o motivo pelo qual eu tenho nojo desse tal de Bonde da Stronda?

I never give no good vibes,

                                                             And I never give up no truth.
                                                                                       (Rasta Courage - S.O.J.A.)

É meus queridos,menos de uma semana para o término do ano que eu posso declarar como o mais interessante da minha vida. Medinho né ? Parece que foi ontem que era ano novo,aquela confusão de champagne e fogos de artifício estourando por todos os lados. Agora é o início de um novo ciclo,uma nova jornada,uma nova história a ser escrita.
Nos últimos tempos eu tenho escutado muito S.O.J.A (Soldiers Of Jah Army),uma banda de reggae que me fez ver o mundo por um outro ângulo,um ângulo ainda meio abstrato para mim : o amor e a paz.(E não,não to chapada e nem to com erva aqui comigo,até porque pra viajar no subconsiente basta ligar um reggae que tu entra em contato com o teu interior.) Finalmente entendi o que Bob Marley dizia com ''One Love". O amor é um só,uma única vibração,e se o mundo pregasse mais o amor e menos o capitalismo talvez vivêssemos em um mundo sem guerras. Não vim aqui levantar a bandeira da esquerda e dizer amém ao socialismo,só acho que pensar um pouco mais no espiritual,no humano,ao invés de só no material,poderia salvar todos nós da desgraça de acabar o mundo em guerra. Afinal,para que matar irmãos e irmãs? Qual o motivo de guerras ''em nome de Deus''? Alguém aí realmente acredita que Deus se sente honrado quando sujamos o próprio corpo com o sangue de outro ? Na boa,eu nunca entendi isso. Nunca saquei os motivos pelos quais as pessoas são tão estúpidas e mesquinhas a ponto de matar uns aos outros em troca de dinheiro. O dinheiro vai e vem,uma vida não. Essa vida,nesse corpo,é uma só. Então,faça o seu melhor,diga não a essas atrocidades que estamos cometendo contra nós mesmos. Quando o último Sol de 2010 padecer nas águas do horizonte,eu prometerei aquilo que eu espero que todos prometam e cumpram : que valorizarei mais o amor,em todos os seus sentidos,e lutarei até o fim contra as imposições de guerra e violência oferecidas pelo sistema no qual vivemos.
Feliz 2011,muita paz,felicidade,amor,riquezas e coragem. ☮

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

cannot be replace.

if you only knew,what the future holds. after a hurricane,comes a rainbow.
                                                                (Katy Perry - Firework)

PoiZé né,o último dia de aula foi hoje,e eu,sinceramente,não estou nada triste.Sinto saudades,mas tristeza não.Acho que se eu pudesse viver tudo aquilo denovo,eu viveria.Foi um aprendizado,tanto em questão de evolução mental quando humana.Não devemos olhar com raiva para esse passado,não querendo pensar num futuro. Temos que ter a noção de que o tempo passa,e que tudo algum dia acaba. O que resta são as memórias,os sentimentos,as histórias,as amizades,e até mesmo as contra-capas de caderno cheias de assinaturas e bobagens escritas.
A vida é exatamente igual a um trem : se não mudarmos os trilhos,passaremos sempre pelos mesmos lugares,sem surpresas. A maior graça da vida são as surpresas.Essas coisas são as mais claras formas de mostrar que o destino tem artifícios de nos colocar em frente a situações totalmente inesperadas,e são essas mesmas situações as mais favoráveis para a nossa evolução.
Agradeço a todos que estiveram comigo nesses últimos nove anos. Tudo o que eu aprendi com vocês foi de vital importância para o meu crescimento pessoal.Sentirei saudades sim,mas tenho plena consciêcia que isso é só o começo de uma nova etapa de nossas vidas.Possa até parecer frio da minha parte não estar um tanto devastada por estar me distânciando fisicamente de algumas pessoas,mas não é nada disso. Eu estou acostumada a despedidas sim,mas isso porque eu aprendi que um adeus jamais é eterno. Encaremos isso tudo de cabeça erguida e com os olhos no horizonte,tendo certeza de que temos muito ainda para viver. Muitas festas,bobagens,brincadeiras,brigas,decepções,palhaçadas,férias,despedidas,reencontros e felicidades. E vamo pro próximo,pois o futuro,meus queridos,nos aguarda !

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

eu sou problemática,só pode.

Não é novidade nenhuma que eu tenho certos ''probleminhas''.Mas depois de eu passar umas 3 semanas rindo DESSE vídeo,eu chegueia a conclusão que eu devo procurar ajuda psiquiátrica. JÁ !

pagamos pelos nossos atos,correto ?