quarta-feira, 2 de março de 2011

aaaah,o amor.

O amor é belo e ao mesmo tempo idiota.por amor fazemos de tudo (até mesmo bungee jump com linha de costura),nos metemos em furadas sem tamanho e nos ridicularizamos ao máximo,tudo isso pela pessoa (ou animal) amado.O amor pode se manifestar de várias formas,e podemos sentí-lo por praticamente qualquer coisa(qualquer coisa MESMO).Mas o mais engraçado é que o amor,nos dias atuais,foi absurdamente banalizado.Cara,se eu contasse quantos "eu te amo" eu leio diariamente no orkut,com certeza o número seria alarmante.Sei lá,talvez eu que seja careta e não entenda essa nova concepção de amor,mas eu ainda acho que não se deve dizer eu te amo pra qualquer um.Amor é um sentimento muito forte,muito íntimo e profundo,não deveria ser dito como se fosse "oi".Aliás,eu me considero careta em vários pontos,mas acho que esse é o principal.Eu,particularmente,não consigo “amar” qualquer pessoa,nem considerar meu amigo qualquer um.

Acho que essa juventude fútil poderia,antes de sair amando todo mundo,começar a dizer um “eu te amo” para o pai e a mãe.Garanto que ELES não escutam isso há muito tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário