domingo, 27 de março de 2011

Quem foi a cigana que te iludiu,querida?

Credo,era tanta gente falando da tal Rebbeca Black que eu TIVE que assistir o clipe da dita cuja.Uma palavra que descreve o que eu acabei vendo no tio You Tube : M-E-D-O ! Geeeentem,o que é aquilo meu Deus do céu? Sério,cheguei a sentir pena da coitada da guria... mas já que o meu trabalho aqui é NÃO ter pena,vamos nessa: primeiro que a guria começa com um "uuuuuuuh yeah yeeeeeeah" que parece que estão matando um ganso por afogamento,mas tá né... depois a querida faz uma chapinha magavilhosa no cabelo e vai pra parada de ônibus,e o que aparece lá?UM CARRO! Lógico,pois não tem lugar mais comum de se estacionar um carro do que na parada de ônibus.E ela entra no tal carro conversível cheio de crianças que fugiram com o carro da mãe adolescentes,que por acaso são amiguinhos dela.Aí ela,teoricamente iria pra escola,mas acaba que o dia vira em questão de segundos e já vai pra noite,e ela e mais uma loirinha (que parace que tá tocando gaita) e uma morena pra lá de desengonçada ficam em cima do tal conversível,todas montadas já,prontinhas pra ir pra night. Aí elas chegam numa festinha na casa de um dos crianças amigos da Rebecca... e,simplesmente,um adulto,num carrão,começa a fazer umas rimas lá,no melhor estilor rapper de quinta categoria,DO NADA ! O clipe é simplesmente isso,fora os efeitos tenebrosos que fizeram com a voz dela e com a cara dela pra parecer um calendário de sexta-feira.
Cara,é sério,a letra,a voz,o clipe,nada,absolutamente NADA favoreceu a guria.E se tu acha que eu to exagerando,assiste aí o clipe : 

Nenhum comentário:

Postar um comentário