sexta-feira, 29 de abril de 2011

Apreciem.

A falta do que fazer não me domina somente na internet,na escola também. Olhe o resultado da minha última aula de Geografia :

P.S.: Ainda bem que eu vou bem em Geografia.

terça-feira, 26 de abril de 2011

VENCEDORES DA RETROSPECTIVA DESOCUPADA !

Gentem,sério,eu ando sem tempo nem paciência,PORÉM,a falta que me faz vir aqui e meter o pau em tudo foi tamanha que não pude resistir.

Pois bem,como sabem,o blog completou um ano dia 19 desse mês,então,aqui estão os ganhadores :

Piriguetes e Pegadores
Juro que se dependesse de mim essa raça medonha já estaria no catálogo de espécies ameaçadas de extinção.Essas abomináveis criaturas andam tomando conta de todo o planeta meu povo ! Sério mesmo,tá cada vez mais difícil ir pra uma festa e não passar pelo menos 48,5% do tempo rindo da cara dessas criaturas.
Bom,a cocotada tá com a corda toda ultimamente. Shorts mínimos,blusinhas ou muito abertas ou muito apertadas,saltos absurdamente altos e pudor zero na hora de se esfregar com qualquer um que cruze seu caminho.Sofá em festa é que nem motel praticamente,só que você não paga pra ter lugar reservado,quem chegar primeiro,chegou ! E os pegadores então ? Jesus amado,que situação desse povo viu. Bonézinho de aba reta,um zilhão e quinhentas mil correntes e aquela insuportável mania de se sentir o foda do lugar são algumas das características básicas dessas coisas que habitam festas e lugares badalados. E se tu der um fora nele,te prepara,porque é certo que tu vai te incomodar (ou acabar cometendo um homicídio,mas isso já é outra história).
O fato é que não se tem mais respeito próprio,o negócio é pegar qualquer merda pra se sentir alguém. Olha,se eu fizesse isso,o máximo que eu me sentiria seria um lixo,um ser sem valor,e isso vale tanto pras gurias quanto pros guris.É uma palhaçada sem tamanho achar que o simples número de pessoas que tu te agarrar na festa vai te elevar socialmente. O máximo que pode ser elevado com isso é o número de doenças que tu pode pegar (tipo hepatite e sapinho),isso sim.


Bonde da Stronda
Graças ao meu bom senhor Jesus Cristo,esses estafermos aí não têm feito tanto sucesso ultimamente,e,com muita sorte,até já acabaram.
O negócio é o seguinte : quando eu falei do BDS pela última vez aqui no Na Falta,foi um escarcel porque disseram que eu estava julgando demais os caras,que eles eram ótimos e que tinha a liberdade de expressão e o caralho a quatro.Bom,sinto informar,mas aqui o blog é MEU,então se EU quiser criticar,eu IREI criticar,e não deve satisfações a ninguém.
Cara,bem na boa? Nunca entendi exatamente qual era a moral do tal do Thug (ui) e o Méqui quererem pagar do gostosões falando merdas como "sou xoxoteiro" ou ainda "sou playsson raiz". Caralho,tu acha mesmo que em algum lugar do Universo vão te levar a sério enquanto tu ainda tiver essa 'filosofia' de vida? Tu é ridículo meu querido,e todos os teus fãs não passam de uma criançada idiota e facilmente influenciável.As mulheres que tu pega são todas umas vadias,e sim,tu é um gay reprimido (nada contra os gays,que fique bem claro),que quer tentar projetar a tua masculinidade (que por um mero acaso jamais existiu) se dizendo comedor e pegador. Ninguém NUNCA vai te levar a sério se tu inventar de dizer que tu é playsson (aliás,que porra de nome é esse?),e não,ninguém tá nem aí pra quantidade de 'minas' que tu pega,só pra ti saber.E não,isso não te trará status nem nada de útil. Fui clara?

Pirralhada fútil
Pelo amor do Belchior,o que é que tá acontecendo com essa juventude ? Ninguém mais tem opinão própria,são todos mente vazia,não têm nenhum pensamento interessante pra compartilhar,não tem nenhuma visão de futuro e ainda por cima querem filosofar (e,por filosofia,entenda : comunidades romantico-melosas no orkut cheias de textinhos de 'ele e ela',sacou?). Houve um tempo,em um passado não muito distante,em que alguns jovens,pelo menos,tinham vontade de evoluir como seres humanos,de aprender.Mas com o passar dos anos,esse número vem diminuindo gradativamente,e ninguém mais (ou quase ninguém) se interessa em pensar,afinal de contas,é muito mais fácil ser só mais um alienado leitor de Capricho e fã de Justin Bieber do que ter uma revista que fala sobre economia mundial,por exemplo. Não digo que o jovem deve ser absurdamente sério e centrado (por que,bem na real,ninguém deve ser assim),mas existem livros e revistas (como a Super Interessante) que tratam de temas sérios com humor e inteligência,o que facilita no aprendizado sem perda de conteúdo.
Mas voltando ao rumo da prosa,eu ando cada vez mais assustada com o que essa gurizada de hoje em dia tem na cabeça,sério.Esses dias eu ouvi um cara da minha escola dizer que fulano de tal tinha cara de 'cabaço',e eu juro que só não mandei um "cresce guri" pra ele porque estava com pressa.Essa pressão pra transar,pra ser idiota,pra ter a cabeça vazia torna essas criaturas fantoches tão facilmente manipuláveis que chega a ser engraçado como eles,que se dizem tão donos de si,são controlados por qualquer merda imposta,sem o mínimo de questionamento.Eles não pensam,eles querem fama,querem ser conhecidos,querem estar lindos no orkut,querem ouvir Restart,querem ler textinhos ridículos e melosos em comunidades e no Tumblr e se sentir mais inteligentes e profundos. Depois ainda me perguntam os motivos pelos quais eu prefiro conviver com gente mais velha na maioria das vezes...

E aí,o que acharam da restrospectiva? Deixem nos comentários. E sim,se quiserem me xingar,podem ficar a vontade :*

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Mil desculpas !

Gente,houve um imprevisto ontem,e o blogger não estava funcionando (pelo menos pra mim,já que a minha internrt não coopera ¬¬),então não pude fazer as postagens sobre os vencedores da "Retrospectiva Desocupada". Amanhã ou sexta-feira prometo que sairão os vencedores,pois hoje terei que viajar e não terei tempo para isso. Um beijo e mil desculpas !

segunda-feira, 18 de abril de 2011

VOTAÇÕES ENCERRADAS !

Hahaha meus queridos,as votações da "Retrospectiva Desocupa" estão oficialmente encerradas !
Amanhã vocês conhecerão os ganhadores (sim,farei um leve suspense,já que to na vibe de Pânico 4,hehe). Então por hoje deixo apenas uma imagem que me fez rir :

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Me sinto um alien perto das pessoas.

E isso é sério.
Cara,eu me acho diferente,ponto.Mas não o diferente que todo mundo vê,entende? E eu me sinto um E.T. perto de algumas pessoas. Primeiro de tudo : romantismo zero.Não sou nem um pouco sentimentalista.Não,eu não vou pra praia todo ano,e não,eu não dou a menor importância se o carro do cara é rebaixado.Eu gosto de pensar,minha alma é obscura,e eu não quero decifrá-la tão cedo assim.Não,eu não acho legal pra caralho carro com sonzão,eu acho irritante,isso sim.Pelo menos a maioria.Sim,eu sou sarcástica,e não,eu não falo isso só pra me mostrar,é a mais pura verdade,e se tá duvidando eu tenho uns 100 posts aqui no blog que podem te mostrar isso.Não,não tenho vizinhos na praia.Não,eu não me importo de passar o verão todo com a minha família,aliás,eu amo isso.Sim,eu sou doida,e tenho alguns pensamentos psicopatas às vezes.Não,não tenho paciência de ser perfeita,não tenho saco pra fazer todos os temas,e não tenho a menor vontade de ter que fazer a unha todo santo dia.Não tenho saco pra ouvir músicas de bandinhas novas.Eu não dou a mínima pra minha reputação,e sim,eu sou fiasquenta pra caralho e se eu tiver que gritar no meio da rua,assim farei.Não pra chamar atenção,mas pelo fato de que eu sou barulhenta,eu sou gritante,não nasci pra calmaria.Textos e comunidades românticas me enojam,e eu cansei de ter que ouvir comparações.Sim,eu falo palavrão,e não,isso não me diminui como mulher.A coisa que eu mais valorizo numa pessoa é o sorriso,tenho que admitir.Não quero nem saber desse povinho famosete que todo mundo quer introsar,quero é manter meus amigos de verdade perto de mim.Foda-se,eu gosto de Che Guevara,já li vários livros e revistas sobre ele.Eu choro toda vez que penso em como seria a minha vida sem meus pais.Não sou puxa-saco de ninguém,e não faço social também.Sou um drama mexicano,e meu pudor não é nem zero mais,agora já tá até negativo.Não,eu não daria pra um cara só pra ele não me deixar,e não,eu dou bola pra conta bancária das pessoas.Sim,eu durmo com bichinho de pelúcia,e sim,eu sou crítica pra caralho,meto defeito em tudo.Tenho certeza que eu sou Freud reencarnado,de tanto que me tiram pra psicanalista.E cara,cansei de dar explicações de mim mesma,pensem o que quiserem,pois eu sei quem sou,e sei do mais importante : igual a mim,nem clonando !

domingo, 10 de abril de 2011

Não quero medicina,mãe.

Desde que a gente é pequeno escutamos que podemos ser o que quisermos no futuro,e,inocentemente,muitas vezes acreditamos nisso.Nos dizem para ter sonhos,para acreditarmos no nosso potencial que chegaremos onde quisermos,e que o trabalho duro recompensará.Doce ilusão,tão doce que quase é azeda.E esse azedume normalmente chega quando estamos entre a oitava série e o primeiro ano,quando aquele bombardeio de preocupações com ENEM e o caralho à quatro começa a tomar conta da nossa mente.É nesse idade que começamos a formar nossas ideias e o que faremos no futuro.Mas nossas mães,pais e a maioria dos nossos familiares falam sempre a mesma coisa : "VAI FAZER MEDICINA ! ". Eu,particularmente,não tenho a menor vocação pra futucar no intestino de um cadáver naquelas dissecações que fazem na faculdade,quanto mais mexer com um ser vivo,respirando,e o pior : colocando a vida dele em minhas mãos. Não quero,não vou,não tenho a menor vontade de fazer medicina,mas toda vez que algum filho da puta inventa de tocar no assunto faculdade,minha mãe pula do nada e começa a berrar que eu vou fazer medicina.Eu já expliquei que eu não nasci pra isso,que essa história de tomar conta dos outros não é a minha praia e que eu simplesmente seria uma péssima profissional se acabasse indo para o ramo da medicina,mas ela não entende,e ainda por cima diz que eu vou morrer de fome se acabar fazendo jornalismo.
Mas uma coisa eu não entendo : se essas criaturas tem essa obsessão tão louca por medicina,por quê eles não fizeram esse curso na faculdade? Agora que são todos adultos e donos da própria vida,querem realizar os sonhos abandonados deles em nós? Desculpe,mas nem eu nem nenhum adolescente tem culpa no cartório,afinal,foi uma escolha deles não querer fazer medicina enquanto era tempo,agora não venham descontar as frustrações em nós !
MÃE,EU NÃO QUERO FAZER MEDICINA !

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Um ano de blog meu povo !

Gentem,nem consigo acreditar que estou há um ano com o blog ! Bom,para comemorar essa data de extrema importância para a minha humilde pessoa,deixarei vocês,leitores,escolherem as matérias da "Retrospectiva Desocupada" ! As três matérias mais votadas serão postadas aqui,só que agora,sob uma nova perspectiva : a da repercussão que essas matérias tiveram no blog e na minha vida (sim,ou tu realmente acha que eu só fui xingada e criticada no blog?) e como elas se "desenvolveram" desde a última vez que eu falei delas.
A enquete tá ali ó,embaixo da minha belíssima descrição.A votação vai até o dia 17 desse mês. Votem votem votem !

sábado, 2 de abril de 2011

Tio Zé Faleceu,Tia Maria Venceu - Afinal,e o Brasil,o que perdeu?

Rima não é meu forte,mas mesmo assim ainda tá valendo.
Dia 29 de Março de 2011 dois fatos pararam nossas terras tupiniquins : a morte do ex-vice Presidente José Alencar e a final do Big Brother Brasil 11. Pra qualquer um que tu perguntar "Qual foi o fato mais importante?",a resposta será "A morte de José Alencar,óbvio!".Olha,mais importante foi,sim,mas será que recebeu essa devida importância? Afinal de contas,não podemos esquecer que vivemos no país das bundas,onde qualquer coisa fútil pode ser atirada às massas sem a menor importância do nível cultural do dito cujo,desde que o mesmo mova alguns milhões no mercado e que tenha um bom marketing em cima (vide caso Restart,por exemplo).A indústria do consumo brasileira é tão sem escrúpulos que eu posso dizer,sem sombra de dúvida,que no dia seguinte (30/03) o assunto que teve mais repercussão foi a vitória daquela songa-monga da Maria no BBB.
José Alencar foi um dos poucos políticos brasileiros que podemos realmente dizer que prestaram na nossa história,sejamos francos.Mas,por mais influente que ele tenha sido ( tanto como empresário,Ministro da Defesa e vice-Presidente da República),nunca que sua morte teria mais repercussão em nossa extensão territorial do que a final de um programa medíocre que todo santo ano,logo após o especial da Xuxa e o Show da Virada (lê-se : Reveillon),passa na televisão,como uma forma de entretenimento.Até porque,aqui,política é o assunto mais abstrato que existe.Ninguém tem realmente alguma preocupação com política,ninguém realmente procura entendê-la,estudá-la.É muito mais fácil ir pelo senso comum,votar no que parece ser mais óbvio a ocupar o cargo e desperdiçar seu valioso tempo como seres bióticos assistindo à televisão.
Sinceramente,acho muito triste ver a quantas anda a cabeça dos jovens,dos adultos e das crianças,enfim,a cabeça das pessoas em geral.Ninguém mais tem aquela preocupação em criticar,em investigar,em entender,em pensar.Tornar-se controlado,sem opinião crítica,um hipócrita que acha que "vai tudo ir para o lugar,que vai tudo uma hora vai se ajeitar" é o que há.Pois o conformismo é mil vezes mais simples do que o senso crítico,não é mesmo?

Brasil,meu Brasil brasileiro...quando que tu vai resolver criar vergonha nessa cara e parar de ser tão alienado?

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Medos Bizarros


Medo,medo,medo.Palavra de múltiplos significados,e de várias interpretações e manifestações.Eu,particularmente,tenho total e completo PAVOR de bonecos ventríloquos,sério mesmo.Aquelas coisinhas me dão calafrios,me arrepiam até a sobrancelha,me fazem querer sair correndo em pânico.
O fato é que todo mundo tem medo,não importa do que seja (aliás,acho que é consenso geral de que sentimos muito menos medo de noite se estivermos com os pés tapados,até porque nenhum demônio se atreveria a tentar nos possuir de tivermos um pedaço de lençol cobrindo o dedão).Mas tem gente que leva muito a sério esse lance de medos malucos,e que além de medo,se transformam em fobias.Então resolvi listar algumas das fobias mais malucas que eu achei no tio Wiki : 

Quilofobia - medo de esquilos ou qualquer um roedor (imagine esse cidadão assistindo Alvin e os Esquilos no cinema)
Parasquavedequatriafobia - medo de sexta-feira 13 (esse daí com certeza viu filmes demais do Jason)
Tafofobia - medo de ser enterrado vivo (doido,só isso)
Unatractifobia -medo de pessoas feias (egocentrismo diz olá)
Urofobia - medo de urina ou do ato de urinar ( uma pessoa com a qual você sempre vai amar fazer longas viagens de carro)
Penterofobia - medo da sogra ( fobia que o infeliz que inventar de ser meu namorado provavelmente irá ter)
Nudofobia - medo de nudez ( sexo com roupa é o que há meu bem ! )
Nelofobia - medo de vidro ( alguém que provavelmente iria surtar na casa da minha avó,que é apaixonada por cristaleiras)
Ninfofobia - medo de sexo ( fobia muito frequente entre padres e freiras)
Japanofobia - medo de japoneses e de sua cultura (americano,pff ¬¬)
Hilofobia - medo de florestas (começa o Globo Ecologia e ele foge pro banheiro)
Hexacosioihexecontahexafobia - medo do número 666 (medo do capeta,te enrola num crucifixo e reza ! )
Flatusfobia - medo de liberar flatos a valer (tradução : medo de peidar demais)
Catisofobia - medo de sentar-se (sabe aquela tia que deve ter dado banho no Dom Pedro mas que insiste em assistir à missa em pé? Taí a explicação)
Estruminofobia - medo de morrer defecando (leva medidor de pressão,sirene,Bíblia,telefone e o número da SAMU toda vez que precisa ir aos pés)
Anatidaefobia - medo de ser observado por patos (juro que chorei rindo dessa daí)
Pantofobia - medo de tudo ou de todas as fobias (a mais contraditória de todas,sem dúvida)

E aí,qual o seu medo bizarro?

Rock in Rio

É,tá todo mundo falando da terceira edição do Rock in Rio (que depois de 10 anos,finalmente será realizado novamente no Rio de Janeiro).E eu tava lá,assistindo a Multishow esses dias,e nos intervalos dos programas dá uma vinheta com o nome de "Rock in Rio - Eu fui". Aí eu achei interessante e resolvi não trocar pra Warner e ver se tava dando Two And A Half Men.Nessa "vinheta",várias pessoas contavam de suas experiências no Rock in Rio,e cada um tinha uma história diferente : um dizia que quase tinha morrido por ter conseguido ver o Guns'n'Roses tocar,outros dois disseram que se conheceram no festival e acabaram casando.Achei super legal,ver como o rock mudou o rumo da vida de várias pessoas.


Ficheiro:Rock in Rio.png
MAAAS isso também me fez pensar o seguinte : nas primeiras edições,o festival do Rock in Rio trazia como atrações Scorpions,AC/DC,Ozzy Osbourne,Queen,Iron Maiden,Carlos Santana e por aí vai. E agora,que resolveu dar o ar da graça novamente em seu local de origem,vão colocar pra tocar ROCK in Rio a Ivete Sangalo?Oi?Como assim? Nada contra a tia Ivete,mas cara,eu ainda acho que deveriam pelo menos manter o festival no mesmo tom né... no tom do rock,não do axé !

Bom,mas como ou sem tia Ivete,eu venderia até um rim pra estar lá !