sexta-feira, 15 de abril de 2011

Me sinto um alien perto das pessoas.

E isso é sério.
Cara,eu me acho diferente,ponto.Mas não o diferente que todo mundo vê,entende? E eu me sinto um E.T. perto de algumas pessoas. Primeiro de tudo : romantismo zero.Não sou nem um pouco sentimentalista.Não,eu não vou pra praia todo ano,e não,eu não dou a menor importância se o carro do cara é rebaixado.Eu gosto de pensar,minha alma é obscura,e eu não quero decifrá-la tão cedo assim.Não,eu não acho legal pra caralho carro com sonzão,eu acho irritante,isso sim.Pelo menos a maioria.Sim,eu sou sarcástica,e não,eu não falo isso só pra me mostrar,é a mais pura verdade,e se tá duvidando eu tenho uns 100 posts aqui no blog que podem te mostrar isso.Não,não tenho vizinhos na praia.Não,eu não me importo de passar o verão todo com a minha família,aliás,eu amo isso.Sim,eu sou doida,e tenho alguns pensamentos psicopatas às vezes.Não,não tenho paciência de ser perfeita,não tenho saco pra fazer todos os temas,e não tenho a menor vontade de ter que fazer a unha todo santo dia.Não tenho saco pra ouvir músicas de bandinhas novas.Eu não dou a mínima pra minha reputação,e sim,eu sou fiasquenta pra caralho e se eu tiver que gritar no meio da rua,assim farei.Não pra chamar atenção,mas pelo fato de que eu sou barulhenta,eu sou gritante,não nasci pra calmaria.Textos e comunidades românticas me enojam,e eu cansei de ter que ouvir comparações.Sim,eu falo palavrão,e não,isso não me diminui como mulher.A coisa que eu mais valorizo numa pessoa é o sorriso,tenho que admitir.Não quero nem saber desse povinho famosete que todo mundo quer introsar,quero é manter meus amigos de verdade perto de mim.Foda-se,eu gosto de Che Guevara,já li vários livros e revistas sobre ele.Eu choro toda vez que penso em como seria a minha vida sem meus pais.Não sou puxa-saco de ninguém,e não faço social também.Sou um drama mexicano,e meu pudor não é nem zero mais,agora já tá até negativo.Não,eu não daria pra um cara só pra ele não me deixar,e não,eu dou bola pra conta bancária das pessoas.Sim,eu durmo com bichinho de pelúcia,e sim,eu sou crítica pra caralho,meto defeito em tudo.Tenho certeza que eu sou Freud reencarnado,de tanto que me tiram pra psicanalista.E cara,cansei de dar explicações de mim mesma,pensem o que quiserem,pois eu sei quem sou,e sei do mais importante : igual a mim,nem clonando !

4 comentários:

  1. calma querida, você não é tão diferente assim.Você só é mais madura que as outras meninas da sua idade, apenas isso.É normal mesmo garotas dessa idade gostarem de menino playboy, acharem legal som alto em carros, não se sinta tão E.T.
    E lembre-se pequena gafanhota, você gosta de críticas, mas nem por isso está livre delas.

    au revoir

    ResponderExcluir
  2. Parece comigo, meu pai fala olha lá filhão olha que carro legal e eu nem ai, detesto as brincadeirinhas infantis das outras pessoas mesmo elas sendo da mesma idade que eu, tipo assim também me sinto um alienígena que veio pra cá pra realizar alguma coisa...é serio!!!
    - Acho que "Nos Alienígenas viemos para cá para algum propósito(Talvez ensinar a humanidade) e perdemos a memoria"...Meio doido neh!!

    ResponderExcluir
  3. muito foda, alto nivel de identificacao

    ResponderExcluir