sábado, 22 de outubro de 2011

Gente visceral me irrita.

 "Mas o Brasil tá na merda!" . Contra todos os próprios preceitos,eles caem na contradição da própria hipocrisia.
Para eles,nada está bom. O céu está sempre fechado,as palavras vertem ácido,os sorrisos são irônicos,na cama nada é prazeroso,a política vai de mal à catastrófica e o intestino não funciona. Nada é realmente bom. Tudo é triste,filosófico,complexo e terrivelmente profundo. Nada é bom na própria vida.
Reclamam desde o salário até as obras de arte de quinhentos anos atrás. Porém são egocêntricos. Sua inteligência é superior a de toda população humana. Ninguém possui melhor senso crítico do que eles. O que eles chamam de crítico,eu chamo de chato.
Seus mundinhos medíocres só se tornam assim por conta da mediocridade que eles impõe a si próprios como "filosofia de vida". Realmente,gente visceral me irrita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário