sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Covardia.

Pessoas covardes. Taí uma raça que me enoja. Mas afinal, o que define uma pessoa covarde?
Na minha concepção, uma pessoa covarde é aquela que some na primeira oportunidade. Que não aguenta o preço e o peso de nenhuma decisão. Que não acata com os próprios problemas e ainda tem a audácia de simplesmente virar a cara para tudo quando mais lhe convém. Uma pessoa covarde é aquela que manipula os sentimentos, os pensamentos e a vida de uma pessoa, e quando lhe surgir uma oportunidade de conseguir iludir outro alguém, ela simplesmente vai embora, deixando para trás todo um rastro de destruição por onde passou. Uma pessoa covarde simplesmente não consegue aguentar o tranco. Não enfrenta nada de peito aberto. Nunca assume a culpa por um erro, e sempre vai embora. Elas, normalmente, quando somem, usam desculpas esfarrapadas e sem sentido, e também contam vantagem do tal feito. Grande pessoa essa que vai atrás de todos os objetivos e depois que consegue, vai embora, afinal, não sabe lidar com a responsabilidade da conquista.
Covarde. Essa é a pior coisa que uma pessoa pode ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário