quarta-feira, 15 de agosto de 2012

"Queria ter nascido nos EUA"

Antes de mais nada não vim aqui levantar a bandeira do patriotismo e bancar a nacionalista frenética  que tem ojeriza a qualquer coisa norte-americana. Não nasci pra fazer aquelas do "against the system" ( na real esse movimento tem uma conotação e um sentido histórico bastante ideológico e socialista, mas hoje em dia, em pelo menos 90% dos casos, resume-se à adolescentes acéfalos fumadores de maconha que se recusam a ir ao Mc Donald's por ser "coisa da babilônia", mas enfim, hoje não vim aqui sentar o cacete nessa galera porque esse é assunto para outro post, então segue o baile), mas também não nasci pra usar aquelas camisetas do tipo " EU AMO O BRASIL ". Na real acho uma babaquice filha da puta ficar endeusando países, em primeiríssimo lugar. Até porque não se pode resumir toda a cultura de um país em um único aspecto ( como resumir os EUA a filmes bons e o Brasil ao funk carioca ). Tá certo, eu não curto muito a cultura do meu país, até porque eu ser daquelas que usa Motörhead como despertador e coisarada, mas existem muitas ( muitas mesmo ) coisas boas em relação às nossas terras tupiniquins, uma delas é o rock nacional ( tipo, a galera que sobreviveu aos anos 90, como Charlie Brown Jr. , Detonautas, Paralamas e por aí vai... ).
Na real, eu sou bem eclética em relação a culturas, afinal de contas pode-se tirar proveito de músicas, filmes, história e várias outras coisas de qualquer país. Mas tem uma galera que realmente me ataca os nervos, os "Ailaiquetobêamericano ". Esses são daqueles chatos ( na maioria hipsters, foi mal aí galera ) que acha que absolutamente qualquer coisa - musical em sua grande maioria - que provenha do Brasil seja um completo fracasso ( pessoal que nunca ouviu falar em Cazuza mas ok ). Esses são daqueles que só usam gírias americanizadas, só falam de filmes americanos, não fazem a menor ideia do que estão fazendo e, na verdade, são um bando de maria-vai-com-as-outras sem a menor opinião própria, que idolatram tudo que venha com um "Made in USA" e que ficam totalmente escandalizados quando cantarolamos uma marchinha do tempo do ariri cachaça nas épocas de carnaval. São bem o tipo de pessoas sem o menor pensamento inteligente para compartilhar, que vivem alienadas ao mundo e que acham tudo nos EUA magnífico ( não tem guerra, arma nuclear, preconceito, morte, fome, desigualdade social nem absolutamente nada disso por lá ok? Só pessoas cantando músicas legais com roupas estampadas com galáxias e animais como veados e corujas ).
Bem na moral? Eu poderia ter resumido esse texto todo à seguinte frase : "Não é porque é importado que seja bom."

3 comentários:

  1. É.
    Se colocar no SBT agora estão escolhendo a melhor piriguete do Rio de Janeiro. :)

    ResponderExcluir
  2. Fala serio menina mimadinha querendo mora lá nos States cai na real tais no brasil, você acha que td mundo quer morar aqui mesmo?Essa bosta precária que os políticos são pagos para sentar numa cadeira.

    ResponderExcluir
  3. bom é muito claro que todo brasileiro já nasce com azar por varios motivos:
    1. nasce aprendendo o idioma ERRADO nem em Portugual é vantagem falar portugues, voce tem de pelo menos falar um ingles fluente pra arrumar emprego que preste, nenhum dos países vizinhos do Brasil fala esse idioma que perde feio em número de falantes no mundo para o Ingles e o Espanhol, o segundo aliás é o segundo mais falado na internet.
    2. já nasce em um país ferrado e desigual, se nasce pobre pior ainda, se for rico tem oportunidades de cair fora com algum suporte dos pais.
    3. já nasce com complexo de inferioridade pois o país nao tem nenhuma importancia internacional, nao criou nada, importa tudo o que precisa e ainda gosta de sobretaxar as importacoes, nao terá muito acesso a produtos de tecnologia pois sao muito mais caros que no mundo desenvolvido.
    4. já nasce pagando imposto pra manter vagabundo no poder e outros fingindo que trabalham.
    5. nasce sem poder estudar se nao pagar, escola publica no Brasil é um antro de professores grevistas, todo ano fazem greve pra prejudicar aluno e defender seus proprios interesses.
    6. se dar "sorte" de entrar em universidade publica vai ter de aguentar o item 5, se entrar em faculdade privada vai entrar no item 4 relativo a financiamentos.
    7. vai pagar umas das taxas de juros mais abusivas do planeta.
    8. vai ganhar pouco nao importa no que trabalhe.

    ResponderExcluir